FREI FERNANDO, VIDA , FÉ E POESIA

A vida, como dom, é uma linda poesia divina, declamemo-la ao Senhor!

Textos


Homilia do 6°Dom do tempo Pascal (Jo 15,9-17)(06/5/18)
 
Caríssimos, a Palavra de Deus proclamada comunica os mistérios de suas graças, como vimos na primeira leitura: "Pedro estava ainda falando, quando o Espírito Santo desceu sobre todos os que ouviam a palavra." Desse modo, Pedro compreendeu que a graça da salvação se estende à todos aqueles que creem no Santíssimo Nome do Senhor e por isso são alcançados por Sua Divina Misericórdia, para que por ela recebam o perdão dos pecados e o dom do Espírito Santo.
 
Com efeito, a ação do Espírito Santo em nossas almas nos proporciona amar à Deus sobre todas as coisas e aos nossos irmãos mais próximos e também à todos os irmãos que estão no mundo inteiro. O amor é a essência que move as ações dos que nascem de Deus, por isso, disse o discípulo amado: "Amemo-nos uns aos outros, porque o amor vem de Deus e todo aquele que ama nasceu de Deus e conhece Deus."
 
No Evangelho de hoje, Jesus assim nos ensinou:“Como meu Pai me amou, assim também eu vos amei. Permanecei no meu amor. Se guardardes os meus mandamentos, permanecereis no meu amor, assim como eu guardei os mandamentos do meu Pai e permaneço no seu amor. Eu vos disse isso, para que a minha alegria esteja em vós e a vossa alegria seja plena." 
 
Com efeito, os justos vivem por sua fidelidade que significa amor incondicional, obediência total, porque são livres de todas as amarras do pecado. Nenhum ser criado tem alguma necessidade de pecado; a única necessidade que existe em nós é a necessidade de ver a Deus, porque ver a Deus, é se tornar um só com Ele, como afirma São João: "Caríssimos, desde agora somos filhos de Deus, mas não se manifestou ainda o que havemos de ser. Sabemos que, quando isto se manifestar, seremos semelhantes a Deus, porquanto o veremos como ele é. E todo aquele que nele tem esta esperança torna-se puro, como ele é puro." 
 
Conclusão: Caríssimos, de fato, nossa alma já traz a eternidade em si porque somos obras das mãos de Deus; ora, Deus tudo criou para a eternidade e é por Seu amor e bondade que existimos. Portanto, ao enviar Seu Filho a este mundo, o enviou com a missão de fazer novas todas as coisas, perdoar os nossos pecados e nos conceder a felicidade eterna no Seu Reino de amor e paz. 
 
Paz e Bem! 
 
Frei Fernando Maria OFMConv. 
Frei Fernando Maria
Enviado por Frei Fernando Maria em 06/05/2018
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Favor citar a autoria de Frei Fernando,OFMConv. e o site: www.freifernando.net). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras