FREI FERNANDO, VIDA , FÉ E POESIA

A vida, como dom, é uma linda poesia divina, declamemo-la ao Senhor!

Textos


PEQUENO SERMÃO DE CADA DIA (Mc 9,41-50)(24//18).
 
Caríssimos, a consciência é o tribunal espiritual de nossas almas onde são julgados todos os nossos atos, pois tudo antes passa por ela, depois das decisões tomadas e das permissões dadas é que os atos acontecem (cf. Tg 1,12-16), e isto pode se dá até em milésimos de segundos. Porém, tudo fica gravado nela como um filme, até o mínimo ato dicidido e praticado. Por isso, não existe desculpa ou perdão para aqueles que não se arrependem de seus pecados e não os confessam, a fim de obterem a misericórdia e o perdão que precisam.
 
Com efeito, o Porto Seguro do perdão é o Sacramento da Confissão, pois é cura para a alma, é reconciliação com o Senhor, que nos faz participar, por esse Sacramento, do Mistério de sua Ressurreição. Porém, todas essas graças se realizam de fato quando o penitente reconhece os pecados cometidos e os confessa verdadeiramente arrependido com o firme propósito de não mais os cometer, com a ajuda da graça do Senhor; porque sem arrependimento não existe conversão, purificação, nem a libertação de tais pecados mesmo se confessados. No entanto, se faz necessário lembrar que a Misericórdia Divina é infinita e se mantém à espera de todo penitente arrependido, para que tenha nela a graça do perdão e a paz que tanto necessita.
 
Na liturgia de hoje vimos como se dará a Justiça Divina quando do julgamento de todos aqueles que continuaram à espalhar suas maldades na face da terra, apesar de conhecerem, por essas maldades, o justo castigo que lhes espera. É como ouvimos do Senhor: "Ai do mundo por causa dos escândalos! Eles são inevitáveis, mas ai do homem que os causa!" (Mt 18,7).
 
Portanto, meditando a Parábola do trigo e do joio, vemos que assim será no dia do juízo final; os anjos do Senhor virão ao seu comando e retirarão da Criação todos aqueles que praticaram o mal; enquanto que os filhos e filhas de Deus, serão recolhidos no celeiro de sua glória e gozarão da imensa paz que lhes está reservada como herança eterna, por viverem esse tempo de prova no mundo, fazendo em tudo a Sua Santa Vontade. 
 
Paz e Bem! 
 
Frei Fernando Maria OFMConv. 
Frei Fernando Maria
Enviado por Frei Fernando Maria em 24/05/2018
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Favor citar a autoria de Frei Fernando,OFMConv. e o site: www.freifernando.net). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras