FREI FERNANDO, VIDA , FÉ E POESIA

A vida, como dom, é uma linda poesia divina, declamemo-la ao Senhor!

Textos


PEQUENO SERMÃO DE CADA DIA (Mc 10,32-45)(30/5/18). 
 
Caríssimos, quem conheceu ou conhece os desígnios do Senhor ou foi seu conselheiro? Quem ousa acusá-lo de qualquer falta? Quem por acaso pode contestá-lo diante de suas obras? Haverá alguém Onipotente, Oniciente, Onipresente fora Dele? Que se calem todas as criaturas, que ouçam todos os ouvidos, pois eis o que diz o Senhor: "Buscai o Senhor, já que ele se deixa encontrar; invocai-o, já que está perto. Renuncie o malvado a seu comportamento, e o pecador a seus projetos; volte ao Senhor, que dele terá piedade, e a nosso Deus que perdoa generosamente." (Is 55,6-7).
 
Meditemos, então, com atenção o que São Pedro nos ensinou: "Pela obediência à verdade, purificastes as vossas almas, para praticar um amor fraterno sem fingimento. Amai-vos, pois, uns aos outros, de coração e com ardor. Nascestes de novo, não de uma semente corruptível, mas incorruptível, mediante a palavra de Deus, viva e permanente. Com efeito, “toda a carne é como erva, e toda a sua glória como a flor da erva; secou-se a erva, cai a sua flor. Mas a palavra do Senhor permanece para sempre”.
 
Caríssimos, tenhamos o cuidado de não nos afastarmos dos ensinamentos do Senhor, como por breve momento, aconteceu no Evangelho de hoje, pois enquanto Ele falava dos acontecimentos de sua Paixão, morte e ressurreição, os filhos de Zabedeu, pediam privilégios pessoais, ou seja, por seus próprios interesses. Todavia, o Senhor não os condenou por isso, mas os alertou para o batismo de sangue que Ele e seus seguidores haveriam de receber.
 
Aliás, São Paulo, assimilou muito bem isso, pois nos deixou por escrito para que também nós seguíssemos o mesmo exemplo de Cristo que ele seguiu: "Nada façais por espírito de partido ou vanglória, mas que a humildade vos ensine a considerar os outros superiores a vós mesmos. Cada qual tenha em vista não os seus próprios interesses, e sim os dos outros. Dedicai-vos mutuamente a estima que se deve em Cristo Jesus." (Fil 2,3-5).
 
Conclusão: Caríssimos, escutemos o que o Senhor disse às discípulos indignados com o pedido interesseiro de Tiago e João: "Jesus os chamou e disse: “Vós sabeis que os chefes das nações as oprimem e os grandes as tiranizam. Mas, entre vós, não deve ser assim: quem quiser ser grande seja vosso servo; e quem quiser ser o primeiro seja o escravo de todos. Porque o Filho do Homem não veio para ser servido, mas para servir e dar a sua vida como resgate para muitos.”
 
Paz e Bem!
 
Frei Fernando Maria OFMConv. 
Frei Fernando Maria
Enviado por Frei Fernando Maria em 30/05/2018
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Favor citar a autoria de Frei Fernando,OFMConv. e o site: www.freifernando.net). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras