FREI FERNANDO, VIDA , FÉ E POESIA

A vida, como dom, é uma linda poesia divina, declamemo-la ao Senhor!

Textos


PEQUENO SERMÃO DE CADA DIA
 
Caríssimos, com frequência os escribas, os fariseus e os mestres da Lei se aproximavam de Jesus tentando pô-lo à prova com suas perguntas capciosas; mas, no Evangelho de hoje, um mestre da lei o interroga sobre o mais importante mandamento da Lei de Deus, talvez não com a mesma intenção dos demais, porque ao obter a resposta do Senhor, logo concordou com ele se expressando muito bem, o que lhe valeu, da parte do Senhor, uma bela exortação.
 
Também São Paulo, em sua evangelização fez a seguinte exortação: "Vós, irmãos, fostes chamados à liberdade. Não abuseis, porém, da liberdade como pretexto para prazeres carnais. Pelo contrário, fazei-vos servos uns dos outros pela caridade, porque toda a lei se encerra num só preceito: Amarás o teu próximo como a ti mesmo (Lv 19,18)."
 
Com efeito, desde que o Senhor nos enviou o seu Santo Espírito, quando do nosso batismo, que a nossa liberdade de ação e de expressão, sob sua inspiração, foram potencializadas ao infinito, à ponte de ouvirmos do Senhor: "Em verdade, em verdade vos digo: aquele que crê em mim fará também as obras que eu faço, e fará ainda maiores do que estas, porque vou para junto do Pai. E tudo o que pedirdes ao Pai em meu nome, vo-lo farei, para que o Pai seja glorificado no Filho. Qualquer coisa que me pedirdes em meu nome, vo-lo farei." 
 
Ora, desse modo fica claro que a ação conjunta da Santíssima Trindade, leva a cabo a obra da salvação desde o início da criação, quando do pecado dos nossos primeiros pais. Mas, tal qual os escribas, fariseus e mestres da lei, alguém pode querer interrogar Jesus perguntando, por exemplo, por que Deus não realizou a salvação quando os homens ainda eram poucos? Porque se assim o fosse nós não seríamos salvos nem mesmo Cristo morreria para apagar os nossos pecados. 
 
Portanto, não queiram limitar os desígnios do Senhor com perguntas capciosas, pois, fazer perguntas sem a intenção da salvação eterna das almas, não passam de curiosidades vazias ou mesmo pretextos para porem o Senhor à prova, tentando limitar o que não tem limites, ou seja, a obra de suas mãos.
 
Paz e Bem!
 
Frei Fernando Maria OFMConv. 
Frei Fernando Maria
Enviado por Frei Fernando Maria em 07/06/2018
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Favor citar a autoria de Frei Fernando,OFMConv. e o site: www.freifernando.net). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras