FREI FERNANDO, VIDA , FÉ E POESIA

A vida, como dom, é uma linda poesia divina, declamemo-la ao Senhor!

Textos


PEQUENO SERMÃO DE CADA DIA (Mt 13,36-43)(31/7/18). 
 
Caríssimos, a realidade que nos cerca se assemelha à parábola do trigo e do joio, pois somos plantação divina pelo batismo que recebemos, todavia, como o trigo, estamos maturando para o dia da colheita, porém, não estamos isentos das intempéries, isto é, dos males que tentam se impor à todo custo ao plano de Deus para a nossa salvação. Por isso, precisamos continuar dando os frutos salvificos que o Senhor preparou para nos manter firmes em seu propósito, pois Ele mesmo disse: "Quem permanecer fiel até o fim será salvo."
 
Ora, o que consolida a nossa permanência no Senhor é o amor à Ele sobre todas as coisas, amar o amor é a maior felicidade; a participação no Seu Corpo Místico, a Igreja, do qual Ele é a Cabeça; a vivência dos sacramentos, a prática das virtudes, e a nossa colaboração para a salvação de todos. Como nos ensinou São Paulo: "Temos dons diferentes, conforme a graça que nos foi conferida. Aquele que é chamado ao ministério, dedique-se ao ministério. Se tem o dom de ensinar, que ensine; o dom de exortar, que exorte; aquele que distribui as esmolas, faça-o com simplicidade; aquele que preside, presida com zelo; aquele que exerce a misericórdia, que o faça com afabilidade."
 
Com efeito, na explicação da parábola do trigo e do joio o Senhor nos dá o entendimento antecipado do juízo escatológico que acontecerá no fim dos tempos. "Como o joio é recolhido e queimado ao fogo, assim também acontecerá no fim dos tempos: o Filho do Homem enviará os seus anjos e eles retirarão do seu Reino todos os que fazem outros pecar e os que praticam o mal; e depois os lançarão na fornalha de fogo. Ali haverá choro e ranger de dentes. Então os justos brilharão como o sol no Reino de seu Pai. Quem tem ouvidos, ouça”.
 
Conclusão: Caríssimos, a vida é um dom de Deus, mas precisamos vivê-la como um dom de Deus, pois todos os dons de Deus são plenos de sua vontade; por isso, disse São Pedro: "À maneira de filhos obedientes, já não vos amoldeis aos desejos que tínheis antes, no tempo da vossa ignorância. A exemplo da santidade daquele que vos chamou, sede também vós santos em todas as vossas ações, pois está escrito: Sede santos, porque eu sou santo (Lv 11,44)."
 
Paz e Bem! 
 
Frei Fernando Maria OFMConv. 
Frei Fernando Maria
Enviado por Frei Fernando Maria em 31/07/2018
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Favor citar a autoria de Frei Fernando,OFMConv. e o site: www.freifernando.net). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras