FREI FERNANDO, VIDA , FÉ E POESIA

A vida, como dom, é uma linda poesia divina, declamemo-la ao Senhor!

Textos


PEQUENO SERMÃO DE CADA DIA (Mt 16,13-23)(09/8/18). 
 
Caríssimos irmãos e irmãs, o sacramento do batismo é a porta de entrada no mistério de nossa redenção; por ele, o Senhor nos faz participantes de sua Natureza divina, nos deu o dom do Espírito Santo e a participação na sua Igreja, Seu Corpo Místico e parte visível do Reino de Deus no mundo. Assim, o Senhor se une à nós pela Santa Eucaristia cada vez que celebramos o Santo Sacrifício, alimento dos seus filhos e filhas à caminho da plenitude da vida.
 
Com efeito, ao perdoar os nossos pecados e gravar a sua Lei em nossos corações, o Senhor nos confia os seus dons e a missão de anunciá-lo à todas as nações nesse trajeto que fazemos em sua via de santidade. Mas, atenção, para não caírmos na mesma tentação que caiu São Pedro ao receber do Senhor o poder de ligar e desligar em seu nome, pois Deus tem o seu plano; e Pedro já queria mudá-lo, pensando como os homens; por isso, o Senhor o repreendeu, dizendo: “Vai para longe, Satanás! Tu és para mim uma pedra de tropeço, porque não pensas as coisas de Deus, mas sim as coisas dos homens!”
 
Caríssimos, o poder que nos é dado significa obediência, serviço, vontade de Deus, e não a nossa vontade, pois somos colaboradores na obra da Salvação e não seus protagonistas. Ora, agir como Pedro agiu à princípio, é o mesmo que perder o bom senso, é agir por impulso e não a partir da Sabedoria do Espírito Santo. Então, precisamos aprender à escutá-lo para não impor ao Senhor nosso modo de pensar; ainda bem que Jesus o corrigiu à tempo, caso contrário, Pedro perderia totalmente o rumo de sua missão.
 
Conclusão: Maria Santíssima bem nos ensinou como seguir fielmente o Seu Filho, Jesus Cristo: "Então disse Maria: "Eis aqui a serva do Senhor. Faça-se em mim segundo a tua palavra." E ainda: "Disse, então, sua mãe aos serventes: Fazei tudo o que ele vos disser." Portanto, sigamos o que nos diz o Senhor: "De mim mesmo não posso fazer coisa alguma. Julgo como ouço; e o meu julgamento é justo, porque não busco a minha vontade, mas a vontade daquele que me enviou."
 
Paz e Bem!
 
Frei Fernando Maria OFMConv. 
Frei Fernando Maria
Enviado por Frei Fernando Maria em 09/08/2018
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Favor citar a autoria de Frei Fernando,OFMConv. e o site: www.freifernando.net). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras