FREI FERNANDO, VIDA , FÉ E POESIA

A vida, como dom, é uma linda poesia divina, declamemo-la ao Senhor!

Textos


PEQUENO SERMÃO DE CADA DIA (Lc 6,12-19)(11/9/18). 
 
Amados irmãos e irmãs, o estado de graça permanente é o que faz São Paulo nos chamar de santos, como vimos na primeira leitura de hoje onde ele repreende os Coríntios sobre o julgamento das querelas entre os fiéis da comunidade, dizendo: "Irmãos, quando um de vós tem uma questão com um outro, como se atreve a entrar na justiça perante os injustos, em vez de recorrer aos santos? Será que ignorais que os santos julgarão o mundo? Ora, se o mundo está sujeito a vosso julgamento, seríeis acaso indignos de deliberar e julgar sobre questões tão insignificantes?"
 
Ora, mas o que é mesmo esse estado de graça permanente? É a comunhão com a vontade de Deus, que nos faz banir da nossa prática de vida todo tipo de pecado. Em sua Carta aos Efésios, São Paulo nos exorta à esse respeito, diz ele: "Sede, pois, imitadores de Deus, como filhos muito amados. Progredi na caridade, segundo o exemplo de Cristo, que nos amou e por nós se entregou a Deus como oferenda e sacrifício de agradável odor. Quanto à fornicação, à impureza, sob qualquer forma, ou à avareza, que disto nem se faça menção entre vós, como convém a santos."
 
Caríssimos, todas as expressões de Jesus narradas nos santos Evangelhos, são perfeitas formas de evangelização, corresponde à linguagem do Espírito Santo com a qual o Senhor nos comunica tudo o que precisamos para darmos o testemunho de nossa salvação. Assim, vimos que no Evangelho de hoje, Jesus passou a noite toda em oração ao Pai, para em seguida fazer a escolha dos discípulos que haveriam de acompanhá-lo durante toda a sua missão. 
 
Com efeito, dentre tantos discípulos que o acompanhava, o Senhor escolheu doze para comporem seu ministério apostólico, para administrarem as graças derramadas sobre as almas à serem salvas. Com isso, entendemos que o ministério que exercemos é uma escolha pessoal do Senhor que requer de nós fidelidade à toda prova. Porque, de fato, somos escolhidos por Deus, para termos a mesma postura de Cristo, viver em obediência até as últimas consequências, isto é, dar a própria vida, mas com a sua total proteção. 
 
Paz e Bem!
 
Frei Fernando Maria OFMConv. 
Frei Fernando Maria
Enviado por Frei Fernando Maria em 11/09/2018
Alterado em 11/09/2018
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Favor citar a autoria de Frei Fernando,OFMConv. e o site: www.freifernando.net). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras