FREI FERNANDO, VIDA , FÉ E POESIA

A vida, como dom, é uma linda poesia divina, declamemo-la ao Senhor!

Textos


PEQUENO SERMÃO DE CADA (Mt 15,21-28)(07.08.19)
.
Caríssimos, a confiança inabalável na misericórdia e no poder de Deus nos leva à perfeita unidade e à comunhão que somente o amor recíproco nos dá; mas isso requer de nós total despojamento e entrega incondicional à Ele; ora, isto significa buscarmos somente Nele a nossa segurança e nunca em nós mesmos ou nos poderes deste mundo. 
.
De fato, vivemos no deserto desta vida, num mundo em que os homens buscam pelos meios mais escusos se apegar aos bens materiais em detrimento do bem comum, da felicidade de todos, e com isso, criaram uma sociedade egoísta, corrupta e violenta ao mesmo tempo, de modo que os muitos pecados nela cometidos afastam cada vez mais os homens do estado de graça e da verdadeira comunhão com o Senhor.
.
Com efeito, os exemplos que pela graça de Deus extraímos das Sagradas Escrituras iluminam os nossos corações e a nossa fé, fazendo-nos experimentar o quanto Deus é bom e o quanto nos ampara em todas as nossas necessidades, basta amarmos a Ele sobre todas as coisas e amar-nos uns aos outros como o Senhor Jesus nos ensina, porque desse modo Ele está sempre conosco nos conduzindo à terra prometida do Seu Reino.
.
Conclusão: Caríssimos, o episódio da mulher cananéia revela que a fé é um dom de Deus e ele o dá à todos, mesmo àqueles que creem por algum motivo que não seja o nosso, pois quando estes encontram Jesus, encontram Nele todas as virtudes para mudarem de vida e obterem todas as graças necessárias para a salvação que tanto desejam.
.
Paz e Bem!
.
Frei Fernando Maria OFMConv. 
Frei Fernando Maria
Enviado por Frei Fernando Maria em 07/08/2019
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Favor citar a autoria de Frei Fernando,OFMConv. e o site: www.freifernando.net). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras