FREI FERNANDO, VIDA , FÉ E POESIA

A vida, como dom, é uma linda poesia divina, declamemo-la ao Senhor!

Textos


PEQUENO SERMÃO DE CADA (Lc 6,1-5)(07/9/19)
 
Caríssimos, a nossa vida é plena de sentidos que motivam ou não o bem viver, dependendo apenas de nossas escolhas e decisões. São Paulo na primeira leitura de hoje mostra aos colosesses que o único motivo do bem viver e de uma vida plena de felicidade neste mundo e no vindouro, consiste em seguir a Cristo, pondo em prática o seu Evangelho. Por isso, lhes recorda o tempo em que viviam sem Cristo e por causa disso eram inimigos de Deus.
.
Com efeito, o temporário que agora vivemos é como um campo que está sendo semeado onde nele plantamos as sementes do amor de Deus ou não. De uma coisa temos certeza, colheremos na eternidade os frutos que aqui plantamos. É bem como nos ensinou São Paulo: "Não vos enganeis: de Deus não se zomba. O que o homem semeia, isso mesmo colherá. Quem semeia na carne, da carne colherá a corrupção; quem semeia no Espírito, do Espírito colherá a vida eterna.“
.
No Evangelho de hoje vemos um caso típico daqueles que usam a Lei não para a salvação, mas para condenar os outros. Por isso, tentam incriminar Jesus e o condena-lo por conta do comportamento humanitário dos seus discípulos. Ora, tal exemplo nos ensina que devemos nos aproximar do Senhor não para acusa-lo, mas, para reconhecermos os nossos pecados e sermos perdoados por Ele; caso contrário, não passamos de seguidores da letra que mata e não da que salva. 
.
Caríssimos, hoje ouvimos Jesus dizer que Ele é o Senhor do Sábado e que por isso a prática da piedade não pode ser implodida pelo mal uso de proibições externas. Quanto à isso Ele já o havia ensinado: "Ide e aprendei o que significam estas palavras: Eu quero a misericórdia e não o sacrifício (Os 6,6). Eu não vim chamar os justos, mas os pecadores”.
.
De fato, temos uma enorme facilidade para julgar e incriminar os outros, mas, na hora de usarmos de misericórdia falhamos. Portanto, deixemos o julgamento para o Senhor, e tratemos de sermos santos como Ele é Santo, bem como meditamos na Carta aos Hebreus: "Procurai a paz com todos e ao mesmo tempo a santidade, sem a qual ninguém pode ver o Senhor."(cf. Hb 12,14).
.
Paz e Bem!
.
Frei Fernando Maria OFMConv.
Frei Fernando Maria
Enviado por Frei Fernando Maria em 07/09/2019
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Favor citar a autoria de Frei Fernando,OFMConv. e o site: www.freifernando.net). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras