FREI FERNANDO, VIDA , FÉ E POESIA

A vida, como dom, é uma linda poesia divina, declamemo-la ao Senhor!

Meu Diário
09/02/2019 19h32
A MISERICÓRDIA DO SENHOR É INFINITAMENTE SUPERIOR À NOSSA NATUREZA...

Isaac o Sírio (século VII)

monge perto de Mossul

Discursos ascéticos, 1.ª série, n.º 60

«Compadeceu-Se de toda aquela gente»

Se David apelida Deus de justo e reto, o Filho revelou-nos que Ele é bom e manso. [...] Longe de nós o pensamento injusto de que Deus não Se compadece. [...] Como é admirável a compaixão de Deus! Quão maravilhosa é a graça de Deus nosso Criador, tão poderosa que tudo sofre! Que bondade incomensurável, da qual Ele investe a nossa natureza de pecadores para a recrearmos. Que dizer da sua glória? Ele perdoa quem O ofendeu e quem blasfemou, Ele renova esta poeira sem alma [...], e faz do nosso espírito disperso e dos nossos sentidos extraviados uma natureza dotada de razão e capaz de pensar. O pecador não está em condições de compreender a graça da sua ressurreição. [...] O que é a geena face à ressurreição, quando Ele nos erguer da condenação, concedendo a este corpo perecível a graça de se revestir de incorruptibilidade (1Cor 15, 53)? [...]  

Vós que tendes discernimento, vinde e admirai. Dotados de inteligência sábia e maravilhosa, admirai a graça do nosso Criador como ela merece. Esta graça é a retribuição dos pecadores. Porque, em vez do que eles merecem com toda a justiça, dá-lhes a sua ressurreição, revestindo os corpos que profanaram a sua Lei da glória da incorruptibilidade. Esta graça – a ressurreição que nos é dada depois de termos pecado – é maior que a primeira, que Ele nos deu quando nos criou, enquanto não existíamos. Glória à tua graça incomensurável, Senhor! Apenas me posso calar perante as vagas da tua graça. Sou incapaz de Te dizer a gratidão que Te devo.

Paz e Bem! 


Publicado por Frei Fernando Maria em 09/02/2019 às 19h32

Site do Escritor criado por Recanto das Letras