FREI FERNANDO, VIDA , FÉ E POESIA

A vida, como dom, é uma linda poesia divina, declamemo-la ao Senhor!

Textos

PAPAI NOEL
Ser imaginário...
criativo e "criador",
revelador dos desejos mais íntimos...
dos sonhos  mais queridos...
Constrangedor...
quando não atendidos...

Nele...
sonhos e ilusões se misturam...
como se a vida fosse apenas
um conto de natal...
Ou algo parecido...

Desilusões...
nos amores pedidos e perdidos...
Nos favores cedidos e invadidos
pelos medos e as angústias
de gente grande como nós...

Nas crianças, jovens, adultos e velhos...
Tudo é primavera...é tempo de sonhar...
De transbordar a felicidade almejada...
desejada...
que o mundo não nos pode dar...

E assim...
Imaginações perduram,
ao longo de tantas e tantas gerações...
por se valerem da ingenuidade de ser criança...
e das lembranças infantis
que pululam nosso viver...

E pensar que tudo começou
com a generosidade de um velho bispo:
São Nicolau...
Que na noite de Natal...
Fez suprir a necessidade
Dos menos favorecidos,  
banidos das ceias
dos abastados de então...

Digo com razão:
Melhor sonhar acordado...
e permanecer na inocência...
Do que perder-se
nos labirintos da existência
sem sonho algum...
Frei Fernando Maria
Enviado por Frei Fernando Maria em 18/12/2006
Alterado em 20/12/2006


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras